A queda de pelo pode indicar alguns problemas. Veja quais são e descubra como tratar da melhor maneira

Antes de começar a falar sobre os problemas, vamos a um fato normal: a queda de pelos em cachorro é um processo natural. Assim como nós, os animais também perdem alguns pelos ao longo do dia. O problema é quando essa queda passa a ser significativa e você perceber que a pele do seu pet está ressecada, descamada ou com algumas feridas, por exemplo.

Existem dois tipos de queda de pelo em cachorro: Simétricas e assimétricas.

Cachorro deitado em um local com piso de madeira. Ao lado, um tufo de pelos e. uma escova para cães ao lado dele

Queda de pelo Simétrica

São aquelas que acontecem em todo o corpo do cão. Normalmente no processo de troca de pelos, que costuma acontecer mensalmente.

Queda de pelo assimétrica

Já a queda de pelo localizada em apenas um ponto do corpo do cão ou em alguns pontos delimitados, pode indicar que o seu amigo está com parasitas. Mas, como saber? Antes de mais nada, é importante levar a um médico veterinário de sua confiança. Eu não aconselho medicar o cachorro sem saber o que pode estar acontecendo.

Sinais de que a queda de pelo em cachorro não é normal

Caso você perceba que a queda de pelo está intensa e que tem alguns pontos com falhas maiores é hora de procurar um veterinário. Então, não hesite se você perceber que o seu amigo está com:

  • Coceira intensa
  • Crosta na pele
  • Vermelhidão
  • Pústulas
  • Pelos opacos
  • Lambedura excessiva no local da queda de pelo
cão deitado mordendo a parte traseira das costas

Motivos que causam queda de pelo em cachorros

Podem ser muitos e tudo depende da criação do animal. Mas, algumas doenças mais comuns podem ter acometido o seu cão como:

  • Desnutrição
  • Sarna sarcóptica
  • Sarna dermodécica
  • Dermatite fúngica
  • Dermatite bacteriana
  • Dermatite alérgica
  • Dermatite alimentar
  • Doenças hormonais
  • Parasitas

Medicamento para acabar com a queda de pelo nos cães

Esta escolha vai depender do médico veterinário, uma vez que ele souber do diagnóstico. De acordo com o problema, ele pode receitar shampoos, antibióticos, vitaminas entre outros. Por isso, é importante que você saiba a origem da queda de pelo, para resolver o problema da melhor maneira.

Agora, se você tiver dúvidas sobre alguns suplementos para pele do seu animal, eu vou deixar aqui um vídeo bem interessante sobre a diferença entre os remédios mais comuns, ministrados aos animais.

Mas, se o problema de queda de pelo no seu cachorro é mais comum. A queda simétrica, vou te dar algumas dicas para evitar de você encontrar um pelo no seu prato, bem na hora daquela garfada tão desejada.

Tose seu cachorro com frequência

Tosas periódicas ajudam a eliminar os pelos em excesso.

Escove seu cachorro diariamente

Principalmente aqueles de pelo longo. Eles tendem a acumular estes pelos e quando escovados, você neutraliza a queda frequente.

Banho a cada 15 dias

É importante. A higiene do animal é essencial para que o pelo e a pele dele estejam e sejam sempre saudáveis.

Alimentação

Opte por rações ou uma alimentação que seja ideal para a pelagem do animal. Um veterinário vai poder te indicar qual é a dieta mais indicada para o seu cão.

No Empório das Patas você encontra diversas opções para tratamento de pele canina. Visite o site e confira.

Comentários Fechados.