Cachorro com anemia

A anemia é uma complicação causada pela perda de sangue, remoção, destruição acelerada ou diminuição da produção dos glóbulos vermelhos dos cães. Ela é uma complicação comum e frequentemente e os tutores se deparam com a situação em seus cães. Mas mesmo que seja um problema comum, a anemia é grave, podendo gerar apatia dos cães e caso não seja devidamente tratada pode levar a problemas mais sérios, como o comprometimento do funcionamento dos órgãos internos do animal e até óbito do animal

Existem 3 tipos de anemias em cães que são mais comuns: a anemia regenerativa hemorrágica que ocorre quando há muita perda de sangue (hemorragias) por algum trauma, tumores ou doenças como a  parvovirose, a anemia regenerativa hemolítica onde há destruição e perda das hemácias do animal e a anemia arregenetiva por depressão da medula óssea, diminuição da produção de hormônios em casos de doença renal crônica, que normalmente é decorrente de alguma outra doença.

O que causa a anemia em cães?

Pode ser causada por diversas razões, por isso é extremamente importante levar seu cão a um médico veterinário para diagnosticar o que está gerando anemia em seu cão. Entre as causas mais comuns de anemia estão:

  • Verminoses;
  • Pulgas;
  • Carrapatos;
  • Piolhos;
  • Doenças renais;
  • Doenças como a parvoviroses e erliquiose;
  • Inflamação da medula óssea
  • Traumas e rompimentos de órgãos internos, como fortes batidas ou atropelamentos;
  • Intoxicações por veneno ou por alimentos;
  • Alimentação inadequada.

Quais os sintomas de anemia em cães

Para identificar se seu cão está com anemia, é importante você se atentar aos sintomas da complicação. O principal sintoma da anemia é a apatia do cão (mudança comportamental) e falta de apetite. Outros sintomas que seu cão pode apresentar são cansaço e dificuldade em realizar exercícios, febre, tontura, palidez, palpitações, sangue nas fezes e alterações gastrointestinais. Se seu cachorro estiver apresentando estes sintomas, leve-o imediatamente ao médico veterinário.

Como diagnosticar a anemia em cães

O primeiro passo é a análise clínica por um médico veterinário para entender quais os principais indícios da anemia. Com base nessa análise, o médico veterinário determinará qual o exame necessário, podendo ser o mielograma, exames de sangue (hemograma e pesquisa de hemotozoários) e fezes (coproparasitológico) para identificar a presença de vermes e protozoários, ou até mesmo o raio-x para identificar possíveis fraturas no animal. Em alguns casos a anemia pode ser secundária a outro problema e nesses casos são necessários outros exames para o diagnóstico (ultrassom, exame renal (ureia e creatinina), exame hepático (fosfatase alcalina e a.l.t).

Tratamento e medicamentos para cães com anemia

O tratamento para seu cão dependerá da doença que está causando a anemia. Então, o diagnóstico preciso é extremamente importante.

Alguns suplementos alimentares e medicamentos que podem ajudar a tratar a anemia são:

  • Metacell pet;
  • Hemolitan, disponível em comprimidos e gotas;
  • Hemolitan Gold, disponível em comprimidos e gotas,
  • Energy Pet;
  • Aminomix Pet ou Aminomix Gold, disponível em pó e comprimidos;
  • Top dog / Helfine / Endogard / Advocate / Revolution para tratamento de pulgas, carrapatos e vermes nas fezes;
  • Doxitrat / Doxifin (Doxiciclina), eficaz na maioria dos hemotozoarios;
  • Giardiacid para tratamento de giárdia;
  • Zelotril ou Enrotrat para o tratamento de parvoviroses em cães adultos.

Como prevenir a Anemia em Cães

Com certeza, a prevenção é a melhor opção, mas não existe uma maneira única de prevenir a anemia. Os principais cuidados que você deve ter com seu cão são:

  • Alimentação: garantir uma alimentação com rações próprias (Premier Pet, N&D, Equilíbrio, Royal Canin) e de qualidade (como as super premium), conforme a necessidade de seu cão;
  • Vacinas: manter a vacinação do seu cão em dia irá evitar que ele seja contagiado por doenças perigosas que causam a anemia, como a parvovirose;
  • Evitar as pulgas, carrapatos e piolhos: a utilização correta e frequente de antipulgas e carrapatos para cães é fundamental;
  • Vermifugação a cada 4 meses;
  • Consultas regulares a um médico veterinário.

Com todas essas ações e cuidados, dificilmente seu cão sofrerá com anemia ou qualquer outra doença relacionada.

Comentários Fechados.