Todo tutor já passou por dificuldades na hora de dar remédios ao seu pet, principalmente em forma de comprimidos. Alguns animais são mais tranquilos e calmos, o que facilita o processo, mas outros são mais ariscos e dão muito trabalho.

O primeiro ponto de atenção é seguir à risca a orientação de seu médico veterinário sobre a posologia (forma de dar) do remédio. Se seu cachorro deve tomar um comprimido 2 vezes por dia a cada 12 horas, você não pode administrar os dois comprimidos de uma só vez porque é mais fácil e rápido, por exemplo.Formatos de Remédios para Cachorro

Formatos mais comuns de remédios para cães e gatos

Existem medicamentos líquidos, em formato de comprimidos, pipetas, cápsulas, drágeas, pastas e até petiscos medicamentosos. Os medicamentos líquidos normalmente podem ser administrados através de uma seringa de plástico e sem agulha, injetando a quantidade indicada diretamente na garganta do seu animal. As drágeas são comprimidos revestidos por alguma camada, normalmente de açúcar, para facilitar a ingestão.

A cápsula é um invólucro de gelatina que contém o medicamento (princípio ativo) em seu interior, normalmente como pó. Não é recomendado que você abra ou divida as cápsulas, pois algumas são desenvolvidas para resistir ao estomago do animal e apenas se dissolver no intestino, onde o medicamento é absorvido.

As pipetas geralmente são de dose única, e, na maioria das vezes, também não podem ser divididas.

Dicas para seu cão ou gatos tomar os remédios

Cachorro tomando remédio

A dica mais comum e fácil é disfarçar o medicamento junto com algum alimento que seu pet goste muito. No caso de comprimidos pequenos, você pode colocar dentro de frutas ou mesmo dentro de petiscos.

Se mesmo assim seu pet notar a presença do medicamento no alimento e não o ingerir, a alternativa que lhe resta é colocar o comprimido direto na boca do animal. Para isso, você deve abrir com cuidado a boca, segurar a língua e colocar o comprimido sobre a língua o mais próximo da garganta que você conseguir. Depois, feche a boca do cão e mantenha-a fechada por alguns segundos, até que o cão engula o comprimido.

No caso dos gatos, que são mais seletivos com alimentos e mais ariscos, uma boa dica é utilizar o Ball Free, uma pasta oral com sabor que os gatos adoram. Basta colocar o comprimido ou remédio em um recipiente, cobrir com uma pequena quantidade de Ball Free que provavelmente seu gato irá comer.

Não se esqueça de sempre pedir ajuda e orientação ao seu médico veterinário sobre qual a melhor maneira de dar o remédio para seu cão ou gato.

Comments are closed.