Como todos já sabemos, os gatos são animais muito preocupados com a sua higiene. Vire e mexe estão lambendo seus pelos e também lambendo os pelos de outros gatos. E fazem isso por horas, e horas e mais horas. Este hábito é muito bem visto em relação a limpeza do seu corpo e remoção de maus odores. Mas, com esta prática, eles acabam engolindo pelos que ficam em suas línguas ásperas e pelos não são digeridos pelo sistema digestivo dos felinos.

Este hábito faz mal à saúde dos gatinho e felinos em geral?

Conforme vão sendo engolidos, estes pelos se misturam com os alimentos ingeridos e com o bolo fecal e são naturalmente eliminados pelo organismo através das fezes, o que é absolutamente normal. Por alguma razão, talvez por excesso de ração seca ou até por uma falha do sistema digestivo do animal, os pelos se acumulam no estômago do gato, se misturando à saliva, suco gástrico e restos de alimentos, formando bolas, também conhecidas como tricobezoares. Quando encontram-se em grande quantidade, os gatos tendem a vomitar (ou regurgitar) estas bolas de pelos.

Mas e quando os gatos não conseguem vomitar as bolas de pelo?

Muitas vezes, os gatinhos não conseguem eliminar por si só os tricobezoares que se formam no estômago. Isso causa um grande desconforto ao animal, que sente dores, náuseas e apresenta um inchaço abdominal. O gato também pára de se alimentar, pára de beber água e defecar, tornando-se apático.

Ao observar estes sintomas no seu gatinho, a melhor coisa a fazer é leva-lo a um médico veterinário. Somente este profissional poderá avaliar a condição de saúde do seu gato, prescrever um tratamento correto e eficiente e orientá-lo sobre como evitar a formação de futuras bolas de pelos.

Como evitar a formação das bolas de pelo?

Listaremos abaixo algumas maneiras para evitar a formação dos tricobezoares ou bolas de pelos e também ajudar na sua eliminação. Discuta com o médico veterinário do seu gatinho quais dessas são as melhores opções para o seu caso.

São elas:

  1. Introduzir na dieta do animal rações úmidas ou carnes como fígado, peixe, frango e carne bovina. Estas rações úmidas e carnes devem ser balanceadas com a ração seca, e um médico veterinário poderá auxiliá-lo na escolha e também na determinação da quantidade de cada uma delas. Aumentar a quantidade de fibras na dieta também pode ser benéfico na eliminação dos tricobezoares. Nunca altere a alimentação do seu animal de estimação sem orientação profissional. Isso pode levar seu gato a desenvolver outros problemas de saúde e também obesidade.
  2. Estimule seu gato a beber mais água. Fontes de água são ótimas opções para fazer com que os gatos bebam mais água.
  3. Escovações frequentes da pelagem do gato ajudam a eliminar os pelos mortos do seu corpo. Isso diminuirá bastante a ingestão de pelos pelo animal durante a autolimpeza.
  4. Algumas ervas ajudam o gato a eliminar as bolas de pelos devido suas propriedades laxativas. Consulte um médico veterinário para verificar quais são essas ervas e plantas.
  5. Mantenha o ambiente sempre limpo, aspirando sempre que possível os pelos que ficam pelo chão da casa e também nos móveis. Esses pelos podem acabar se depositando nas vasilhas de água e de comida do gato, que acabam os ingerindo acidentalmente.
  6. Mantenha um controle mensal contra a infestação de pulgas no animal e no ambiente. Gatos infestados por pulgas tendem a lamber mais seu corpo e, dessa forma, engolem mais pelos.

Caso seu gato precise, o Ball Free é um suplemento alimentar produzido pela Agener União e recomendado para eliminar as bolas de pelo naturalmente pelas fezes.

Confira os melhores produtos para seu amigo gato aqui no Empório das Patas!

Comments are closed.